Como qualquer outro problema mais vale prevenir do que remediar. Assim, as recomendações médicas para evitar um aborto espontâneo devem ser seguidas.


See original post: «
12 de 13